Orca é encontrada morta com o estômago cheio de lixo


Uma orca fêmea foi encontrada no litoral da África do Sul e gerou muita comoção entre banhistas que se uniram para salvá-la. Alguns dias depois do heroico ato, a mesma baleia foi encontrada morta. A autópsia não conseguiu esclarecer ainda o motivo do óbito, mas encontrou muito lixo em seu estômago.

O oceano recebe oito milhões de toneladas de plástico todos os anos e, se mantermos o ritmo atual, em 2050 haverá mais plástico do que peixe em nossos mares. Tudo indica que, em busca de alimento, a baleia ingeriu por engano muito lixo: entre os resíduos, copos plásticos, sola de sapatos e embalagens de alimentos.

Segundo a biologista marinha Gwenith Penry, não é possível afirmar ainda que o lixo consumido foi a causa da morte do animal ou se ele possuía alguma doença. Mesmo assim, a foto e o fato são chocantes.


Já conhecidos como lixões do mundo, os oceanos estão cada vez mais cheios de plástico e outros resíduos que nós jogamos insistentemente na natureza. Estima-se que hoje existam 150 milhões de toneladas de plástico nos mares. Umas das ONG's que atuam no trabalho para diminuição de plásticos nas praias estão a ONG EcoNudos.

Postar um comentário

0 Comentários