Amazon irá construir parque eólico

A Amazon, empresa que presta serviços de e-commerce, tem contrato com um construtor de parques eólicos para a energia de um futuro parque eólico de 100 MW na cidade de Paulding, Ohio. Este parque eólico servirá para compensar o consumo de energia que os seus centros de dados consome, anunciou a empresa na passada quinta-feira, dia 19/11/2015.

A criação de acordos de compra de energia renovável em grande escala está cada vez mais a tornar-se comum entre as grandes operadores de centros de dados como a Amazon e como a Google e Microsoft, bem como o Facebook, que não fornece serviços de nuvem, mas tem vários centros de dados entre os EUA e a Europa para apoiar a base de dados dos seus usuários.
À cerca de um ano atrás, a Amazon fez um compromisso para alimentar as suas operações inteiramente por energias renováveis. No inicio deste ano, cerca de um quarto da energia consumida era renovável, e o seu objetivo era chegar a 40% até ao final de 2016.

Este centro de dados em Ohio ainda não está operacional. Num projeto anunciado no inicio deste ano, a empresa anunciou que está a construir centros de dados em pelo menos três locais: Dublin, New Albany e Hilliard. A Amazon já começou a recrutar empregados para os seus centros de dados em todas as três cidade.

O seu cluster atual está localizado na Virgínia do Norte, uma das regiões com uma maior concentração mundial de centros de dados. O parque eólico terá o nome de Amazon Wind Farm US Central.

A EDP Renováveis será a responsável pela construção do parque eólico que se espera que esteja operacional até Maio de 2017.
No inicio deste ano, a Amazon anunciou novos acordos de compra de energia eólica e energia solar com os provedores da Carolina do Norte, Indiana e Virgínia. Fez também um acordo com um projeto piloto na Califórnia para usar a nova bateria da Tesla para armazenamento de energia para os seus centros de dados. O grande objetivo deste projeto é demonstrar uma solução de armazenamento de energia que pode resolver o principal problema de geração de energia por fontes renováveis.

Postar um comentário

0 Comentários