Reflorestamento: entenda a sua importância


A ação humana em nosso planeta está indo de mal a pior, chegando em um ponto onde nossos recursos não conseguem se recuperar de forma natural e então precisamos agir para garantir que possamos continuar usufruindo deles e de seus benefícios. Um exemplo mesmo é o desmatamento e a degradação ambiental que atinge florestas do mundo inteiro. A ação humana está acabando com as nossas florestas e nós não podemos ficar sentados vendo isso acontecer.

Algumas florestam atualmente já precisam urgentemente do reflorestamento, pois não possuem mais a capacidade de se recuperarem de forma natural. O reflorestamento é algo que nós também podemos fazer. A seguir, entenda melhor do que se trata, veja seus benefícios para o planeta e descubra como ajudar no reflorestamento! Confira.


O que é o reflorestamento

O reflorestamento é o ato de contribuir para a recuperação de uma área desmatada através do plantio de novas árvores. O reflorestamento pode ser natural ou intencional, sendo que o segundo tipo é realizado pelos humanos e tem o objetivo de ajudar na manutenção de mata ciliares, contribuir para a restauração de ecossistemas e também absorver gases do efeito estufa, o que consequentemente, diminui os efeitos do aquecimento global.

O reflorestamento intencional não somente foca no plantio, mas também na manutenção da vegetação dessas áreas que foram degradadas ou destruídas. Também é possível escolher determinadas espécies para esse plantio. Como já mencionado, o reflorestamento pode ser realizado por diversos fins, seja para ajudar a diminuir os impactos da ação humana no meio ambiente, para obtenção de alimentos e também para fins comerciais.

Devemos observar ainda que há dois termos que podem ser usados em referência ao plantio de árvores em locais degradados, sendo reflorestamento um deles e florestamento o outro termo. O florestamento é quando ocorre o plantio de árvore onde não havia floresta, enquanto o reflorestamento é o plantio de árvores em locais que havia vegetação mas que acabaram sendo revertidos para outros usos.

Veja os benefícios do reflorestamento

O reflorestamento pode gerar centenas de benefícios para o nosso planeta e meio ambiente, por isso deve ser incentivado sempre que possível a todas as nações. Um dos benefícios do reflorestamento, por exemplo, é a reposição da madeira dura tropical que, infelizmente, existe em quantidades cada vez menores em nosso país. Se optarmos pelo reflorestamento do Mogno Africano, por exemplo, aumentará a reserva desse tipo de madeira, visto que a sua procura é muito grande.

O reflorestamento também promove o equilíbrio em nossa natureza. Parte da água da chuva é comumente armazenada tanto na copa quanto nos troncos das árvores, permitindo sua evaporação e dando continuidade em seu ciclo. Toda essa atividade é muito importante para as regiões de nosso país que não ficam próximas a oceanos, de modo contrário as regiões centrais do país poderiam ser como um deserto.

O reflorestamento também promove a aspiração de CO2. As árvores são responsáveis por realizar fotossíntese e produzem uma substância própria para seu crescimento. Ao longo de toda a vida das árvores, elas são capazes de armazenar até 200 toneladas de CO2, levando consigo tudo isso quando acaba morrendo e tornando o solo mais fértil.

As árvores das florestas também podem ajudar a diminuir as temperaturas, pois parte do calor armazenam em seus troncos. O reflorestamento ainda promove um ar mais saudável, uma melhor qualidade de vida e também a biodiversidade.

Florestas comerciais

As florestas comerciais também contribuem positivamente para o meio ambiente. São florestas cujo reflorestamento é estimulado através de incentivos fiscais e que tem o intuito de aumentar a produção de madeiras. Esse tipo de prática foi instituído por meio do Código Florestal nos anos 30, no entanto, somente nos anos 60 que isso trouxe realmente uma mudança para as florestas do mundo todo.

Grande parte do reflorestamento atual é realizado através de florestas plantadas que possuem mais de 70% de eucalipto, sendo o restante do plantio de pinus e de outras espécies (seringueira, acácia, pópulus, entre outros).

Quem realiza esse tipo de reflorestamento costuma ser empresas, como as empresas de papel e celulose, além de siderúrgicas que também fazem uso das árvores para produzir seus produtos. Apesar de grande parte das árvores serem usadas para fins comerciais, algumas delas acabam sendo destinadas para realizar a captação de gases do efeito estufa, para que estes possam ser vendidos no mercado de carbono.

Florestas ecológicas

Já as florestas ecológicas é onde ocorre o reflorestamento de vegetação nativa. O único intuito é obter a restauração ecológica, recompondo um ecossistema através do plantio de espécies nativas daquela região. O termo recomposição florestal também é bastante usado para esse tipo de reflorestamento.

Para o plantio dessa área geralmente são usadas espécies que antes já viviam ali para que possa ocorrer essa reposição. É bastante comum o reflorestamento do bioma da Mata Atlântica e também do cerrado brasileiro. Além disso, dão prioridade para árvores frutíferas e que possam atrair mais animais e insetos. É importante ainda que tenha uma grande diversidade de espécies por hectare.

Como fazer o reflorestamento

O reflorestamento pode ser feito por qualquer pessoa física ou jurídica que faça uso de alguma matéria-prima florestal. No entanto, para fazer esse reflorestamento, há uma parte meio burocrática. Por exemplo, é necessário apresentar o Levantamento Circunstanciado da floresta plantada que não está vinculada ao IBAMA, assim como fazer a Execução ou Participação em Programa de Fomento Florestal.

Os pequenos e médios consumidores de matéria prima florestal podem fazer o reflorestamento por meio do programa de fomento florestal se cadastrando nas categorias de Empresa Administradora, Especializada, Associação Florestal ou ainda Cooperativa Florestal.

Você deve buscar mais informações sobre o reflorestamento em sua região para conferir em qual categoria se aplica. Dessa forma, deve seguir todas as instruções e ainda entregar toda a documentação necessária para que seja aprovado o reflorestamento. O reflorestamento é uma prática que pode ser muito benéfica para o nosso meio ambiente e ajuda-lo a viver por mais tempo. Não deixe de se informar mais e promover essa prática por onde passa.

Postar um comentário

0 Comentários