As cinco capitais com maior retorno econômico a projetos de Energia Solar

Estudo considerou a irradiação solar, o ICMS cobrado e a tarifa de energia da distribuidora para eleger as cidades.

A energia solar fotovoltaica vive um boom, sendo a fonte de energia que mais cresce no Brasil e no mundo. Índices como esses servem para a tomada de decisão de quem quer apostar nessa fonte de energia totalmente limpa, renovável e que terá um apelo cada vez maior no país, seja pela ótima insolação em todo o território, ou pelos altos preços das tarifas elétrica que seguem em alta.

As capitais brasileiras onde a energia solar tem o melhor retorno econômico, levando em conta fatores como a irradiação solar, o ICMS cobrado na cidade e a tarifa de energia cobrada pela distribuidora são: Belém, Fortaleza, Rio de Janeiro, Recife e Goiânia. A constatação é de um estudo realizado pela maior gestora de energia do país, abragendo consumidores conectados à rede de baixa tensão como residências, pequenos negócios, condomínios, hopitais, shopping centers, entre outros.

No Brasil, a energia solar cresceu quase quatro vezes de 2014 para 2015, de acordo com o Balanço Energético Nacional, da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). No final de 2015, a geração solar totalizava 59 GWh. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), há hoje no país 110 projetos de usinas fotovoltaicas em construção, que somarão até 2019 quase 3 MW. Dados de Geração Distribuída da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), neste mês, indicam mais de 4.500 conexões de energia fotovoltaicas no país.


Postar um comentário

0 Comentários