França inaugura 1ª avenida feita com placas fotovoltaicas (em vez de asfalto) para produção de energia solar


A França dispõem de um plano ambicioso de construir MIL quilômetros de ruas com placas solares no lugar do asfalto, a fim de gerar energia suficiente para abastecer cinco milhões de franceses. Pois o primeiro quilômetro já foi inaugurado e fica em uma vila chamada Tourouvre-au-Perche, no noroeste do país.

Até o momento, a energia produzida por essa rua é responsável por abastecer todos os postes da cidade, que abriga pouco mais de três mil habitantes. No total, são 280 megawatt/hora de eletricidade por ano, mesmo que o tempo não esteja assim tão propício. O material que compõe a rua é feito por uma resina fina o suficiente para não estragar durante a expansão e contração das placas, causadas pela mudança de clima.

Mas nem tudo são flores: a tecnologia custa 13 vezes mais que um painel solar padrão. Só neste quilômetro inaugurado, foram investidos pouco mais de cinco milhões de dólares.

Se o projeto der certo e o país optar por seguir com o plano inicial, ele conseguiria alcançar, finalmente, a independência elétrica. Hoje três quartos da energia do país é proveniente de usinas nucleares. Entretanto, o alto custo do projeto continua sendo seu principal desafio.

Os painéis solares no asfalto não são privilégio da França. A Coréia do Sul, por exemplo, tem 32 quilômetros de ciclovias que produzem energia solar. Já no Brasil, ainda não temos notícia de nada parecido, mas a cidade de Curitiba quer ser a pioneira na tecnologia!

Photos: COLAS/Joachim Bertrand

Postar um comentário

0 Comentários