Por que as empresas têm investido em energia solar?


Atualmente, cada vez mais supermercados, shopping centers, hotéis e indústrias de diferentes portes tem buscado a energia solar como uma alternativa para a redução do custo com energia elétrica. Quem opta por produzir sua própria energia, sente os benefícios não só para o bolso, como também para o meio ambiente, transmitindo para seus clientes a imagem de uma instituição que se preocupa com o meio ambiente.

Os elevados custos com energia elétrica nesses empreendimentos, representam uma preocupação determinante para o seu resultado operacional. Muitas vezes, a conta de luz significa um dos maiores custos destas empresas, ficando atrás somente da folha de pagamento e, devido aos preços acessíveis e as leis federais que incentivam a geração elétrica solar, o sistema fotovoltaico se mostra capaz de cumprir seus propósitos sociais, ambientais e econômicos.


Geralmente, estes empreendimentos possuem grandes áreas de telhados ou mesmo de estacionamentos, que podem ser utilizadas para implantação de uma planta de geração de energia elétrica por meio de geração fotovoltaica, reduzindo seu custo de implantação, transformando estes empreendimentos ainda mais rendáveis e sustentáveis, se tornando um grande diferencial para as empresas perante seus consumidores e agregando valor ao seu negócio.

O segredo está em trocar o valor da conta de energia por um investimento em sistemas fotovoltaicos, que garantem independência da variação de preços e impostos da conta de luz, deixando o empresário livre do custo recorrente por mais de 25 anos.


Um exemplo de instituição que tem investido em energia solar é a gigante Apple, que passou a investir na energia solar. A fachada de sua nova sede, a Apple Campus 2, em Cupertino, na Califórnia, conta com uma grande quantidade de painéis fotovoltaicos, assemelhando-se a uma nave espacial, com uma produção de energia elétrica estimada em cerca de 16MW. 


Outro exemplo é a grande rede de cadeias varejista Wallmart, que conta com cerca de 145MW de potência solar instalados espalhados pelas suas 364 lojas nos EUA. A empresa que era líder na utilização da fonte solar para a geração de eletricidade, perdeu sua liderança para a também rede varejista Target, que já possui 147MW de capacidade instalada, distribuídas em suas 300 lojas espalhadas pelo país.

Um dos Parques mais encantados e famosos do mundo, a Disney investiu em uma usina solar composta por 48 mil painéis, em aproximadamente 80 mil metros quadrados. A usina que tem como formato a cabeça o personagem infantil mais famoso da Disney – o Mickey – tem potência instalada de 5 megawatts e atende à demanda energética do Complexo Walt Disney World Resort e de outros estabelecimentos como o Four Seasons Resort e Hotel Plaza Boulevard.


No Brasil, podemos citar como adepta da utilização da energia solar, a empresa de e-commerce Mercado Livre, que tem sua sede na cidade de Osasco – SP, onde instalou em seu telhado, dois mil painéis fotovoltaicos totalizando cerca de 4,7 mil metros quadrados que poderão chegar a gerar 700 MWh de potência ao ano, o suficiente para 360 casas. Esse projeto é a maior usina solar construída em telhado no Brasil.



O hotel fazenda Spaventura localizado Ibiúna, a 70km da capital paulista, foi o primeiro espaço turístico a gerar energia sua própria energia elétrica para suprir em 100% do seu consumo. Ao todo, foram utilizadas 167 placas fotovoltaicas, que geram por mês, cerca de 5.000 KWh. A instalação realizada em 2013 foi a opção encontrada pelo proprietário do empreendimento para reduzir custos e ainda, contribuir com o meio ambiente.



A energia solar ainda responde por apenas 1% do total de recursos energéticos mundiais, mas por ser uma energia limpa e inesgotável, é extremamente benéfica para o meio ambiente, e além disso, essa fonte de energia vem se popularizando, atraindo diferentes consumidores e tornando-se cada vez mais barata, o aumento contínuo em seu fornecimento deve fazer este panorama mudar em breve.

Postar um comentário

0 Comentários