Honda computa 403 mil carros produzidos com energia limpa

Parque eólico em Xangri-Lá também evitou a emissão de 19 mil ton de CO2 

Já são mais de 403 mil carros produzidos pela Honda com energia limpa fornecida pelo parque eólico da companhia em Xangri-Lá (RS): desde o início de seu funcionamento, no fim de 2014, até dezembro de 2017, a usina entregou mais de 221 mil MWh ao sistema Interligado Nacional, responsável por coordenar e controlar todo o sistema de produção e transmissão de energia elétrica no Brasil.

As atividades do parque evitaram a emissão de 19 mil ton de CO2 ao meio ambiente, minimizando o impacto ambiental dos processos produtivos da marca.

Além de suprir toda a demanda de energia elétrica do complexo industrial da Honda em Sumaré (SP), onde estão localizados fábrica, centro de pesquisa & desenvolvimento e a sede administrativo da empresa, a usina atende ainda o escritório da companhia na capital paulista e centro logístico da LSL Transportes, empresa coligada, localizada em Paulínia (SP), responsável pelas operações de movimentação de materiais e abastecimento das linhas de montagem.

Em 2017, o parque eólico aumentou em 5% o volume de geração de energia elétrica na comparação com o ano anterior, chegando a 79.194 MWh. O indicador de capacidade, que corresponde à proporção entre a geração efetiva do parque e seu potencial máximo de geração no ano, também subiu no ano passado: altamente dependente do comportamento do vento, a usina alcançou 33%, dois pontos porcentuais acima do número de 2016, indicando melhor aproveitamento dos ventos no período. O parque eólico Honda Energy conta com nove aerogeradores, resultando em uma capacidade total de 27,7MW. Em uso pleno, o empreendimento alcança a geração de 85.000 MW/ano.

Comentários