Pirapora, a mais poderosa estação de energia solar da América Latina

Localizada no estado brasileiro de Minas Gerais, entrou em operação duas das três fases do projeto solar fotovoltaico Pirapora com potência acumulada de 284 MWp.



No total, a produção do complexo solar mais poderoso da América Latina, de quase 400 MWp, fornecerá eletricidade para 420 mil famílias no Brasil a cada ano.

O projeto beneficia de contratos de vendas de eletricidade de 20 anos (PPA), concedidos em 2014 e 2015 no contexto de um leilão de reserva federal, para a CCEE (Câmara de Marketing Eletrônico).

A EDF Energies Nouvelles possui 80% das ações do complexo solar da Pirapora, sendo que os 20% restantes são detidas pela Canadian Solar Inc. (CSI), uma das principais empresas de energia solar do mundo, que fabrica localmente os 1.235.070 painéis solares do complexo.

Os módulos são instalados em estruturas de rastreamento para um eixo horizontal, para otimizar a eficiência da instalação. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) liberou as operações comerciais de quatro usinas solares fotovoltaicas em Pirapora (MG). O despacho com o anúncio foi publicado, no Diário Oficial da União.

Foram liberados 61,9 Megawatts (MW) dos quatro empreendimentos (Pirapora 5, 7, 9 e 10) que estão sendo construídos pela EDF Energies Nouvelles, em sociedade com a fabricante de equipamentos Canadian Solar. Eles foram contratados no 7° Leilão para Contratação de Energia de Reserva, promovido em 2015.

Complexo solar é o primeiro de grande porte a iniciar a operação comercial na região Sudeste. Quando concluído, terá capacidade instalada com 120 MW de potência – o que equivale ao atendimento a 190 mil residências.

O comissionamento completo da Pirapora está previsto para o segundo semestre de 2018.

Fonte: EDF Energies Nouvelles/Diário Oficial da União.

Comentários