A rede de lojas Lebes fechou projeto para implantação de energia solar em 160 lojas com investimentos iniciais de 25 milhões.

A Lojas Lebes deu início ao projeto de geração de energia solar. O piloto será na unidade de Eldorado do Sul, onde será instalada a primeira usina de energia fotovoltaica, antecipou para a coluna Acerto de Contas.

O investimento é de R$ 25 milhões e o contrato foi assinado com a Privatto Energia. A expectativa inicial é de uma economia de 15% no custo da luz, podendo chegar a 100%. Aliás, a loja Eldorado do Sul também vai gerar energia para outros empresas da região, garante a empresa.

A próxima filial que receberá uma usina será em Arroio dos Ratos. A ideia, é claro, é expandir para as 160 unidades da Lebes, que ficam no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.

— Pesquisamos por muito tempo qual seria a melhor fonte de geração de energia para o nosso modelo de negócio e encontramos na energia fotovoltaica o melhor custo benefício, além de maior facilidade de aplicação no nosso segmento – explica o diretor de Operações da Lebes, José Rafael da Rocha.

Quando o projeto estiver instalado em todas a filiais, a empresa deixará de emitir anualmente 4,6 milhões de quilos de gás carbônico. A Lebes também está substituindo gradativamente todas as lâmpadas das lojas e do centro administrativo pelo modelo LED, o que deve ser concluído em dois anos.

Postar um comentário

0 Comentários