Energia Solar Para Roupas sendo desenvolvidos na Universidade Estadual da Pensilvânia


Graças a uma pesquisa realizada por um time de químicos, físicos e engenheiros liderados pelo professor John Badding, da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, tecidos com células solares podem se tornar realidade em breve.

Pela primeira vez, foi criada uma fibra ótica baseada em silício que tem a capacidade de ser usada como uma espécie de célula fotovoltaica, podendo ser expandida até um tamanho utilizável por seres humanos. Sem contar que elas também podem ser flexíveis e irregulares, como um tecido de pano.


A fibra ótica utilizada na nova pesquisa é mais fina do que a largura de um cabelo e possui um componente eletrônico acoplado a ela, dispensando assim a necessidade de integração entre fibra ótica e chips.
Para elaborar o novo tipo de fibra, os pesquisadores usaram técnicas de alta pressão da química para depositar materiais semicondutores diretamente em orifícios localizados na fibra ótica. E aproveitaram para usar essas mesmas técnicas para criar uma fibra semicondutora de silício cristalino capaz de trabalhar como uma célula fotovoltaica, o que significa uma fibra que cria eletricidade a partir da luz solar.


Postar um comentário

0 Comentários