6 Formas de tornar a sua casa mais sustentável

Com as altas temperaturas que se têm feito sentir nos últimos dias, reduzir as emissões de carbono e ter um estilo de vida mais sustentável são objetivos que todos devemos ter e ajudar a alcançar.

O jornal The Independent avançou este mês que a Terra corre o risco de cair num estado de “hot house”:

“Mesmo que as emissões de gases com efeito de estufa sejam reduzidas, existe a possibilidade de o aquecimento global, provocado pelo homem, provoque outros fenómenos que levarão a um aquecimento incontrolável.”

Enquanto os céticos em relação às mudanças climáticas apontam para a onda de calor de 1976 como evidência de que este é apenas mais um fenômeno da natureza, não podemos acreditar nestes argumentos quando as temperaturas registadas batem recordes todos os anos e por todo o mundo.

Se quer fazer alto em relação ao aquecimento global, há muitas formas de tornar a sua vida um pouco mais sustentável.

Coloque painéis solares

Desde que os incentivos sobre a energia solar foram reduzidos em 2016, houve uma pequena desaceleração na indústria, mas a energia solar ainda é a forma mais fácil de reduzir as suas emissões de carbono e produzir energia sustentável.

Instalar um sistema solar na sua casa tornou-se bastante mais barato nos últimos anos e conseguem durar mais de 20 anos. Durante todo esse tempo, estará a produzir a sua própria energia e a reduzir as emissões de carbono do país e do mundo. Se conseguir combinar a instalação de painéis solares com baterias, conseguirá ainda mais beneficiar da energia que irá produzir.

Instale uma bomba de calor

As bombas de calor retiram o ar quente que está no subsolo e transformam-no em calor para a sua casa, basicamente através de um processo reverso semelhante ao do seu frigorífico.

Embora as bombas de calor possam ser caras de instalar, elas têm um custo de operação e manutenção bastante baixos. Conseguindo obter o retorno do seu investimento em pouco tempo.

Compre um carro elétrico

Todos os países estão à procura da melhor maneira de conseguir eliminar gradualmente o número de veículos a diesel e a gasolina a circular nas estradas até 2040. A acompanhar este objetivo, todos os produtos estão a investir em carros híbridos ou totalmente elétricos. Esta está a ser uma mudança muito grande na forma como conduzimos, muito devido ainda à falta de uma vasta rede de carregamento que ainda precisa de ser implementada.

O governo está a oferecer incentivos para todos aqueles que adquirirem um veículo híbrido ou elétrico.

Mude para iluminação LED

Nem todas as mudanças rumo à sustentabilidade precisam de ser caras. As próximas três dicas são relativamente simples e devem custar-lhe pouco ao seu bolso.

Mudar as suas lâmpadas antigas por iluminação LED é uma ótima escolha para a sua carteira e para o meio ambiente. É algo que pode ir fazendo progressivamente se não tiver a capacidade para alterar todas de uma só vez. Depois das alterações, compare a sua fatura de energia antiga e a nova e irá ficar surpreendido.

Troque de fornecedor de energia

Antigamente, tínhamos apenas a EDP como fornecedora de energia, mas agora a concorrência é cada vez maior. Surgiram novas empresas no mercado liberalizado que podem conseguir oferecer-lhe melhores preços e com uma matriz energética mais verde, com grandes quantidades da energia vendida a terem origem em fontes renováveis.

Se quer ajudar a caminhar na direção de um futuro sustentável, mudar para um fornecedor que aposte nas energias renováveis irá ajudar.

Instale um medidor inteligente

Por último, outra pequena coisa que pode fazer para reduzir a quantidade de energia elétrica que utiliza é a instalação de um medidor inteligente. É muito fácil de instalar e permite-lhe acompanhar detalhadamente os seus consumos. Entre em contacto com o seu fornecedor de energia ou com outra empresa da área e mande instalar um medidor inteligente.

Ao mesmo tempo que investe nestas 6 dicas que pôde ler em cima, desligue as luzes e os aparelhos que não está a utilizar e diminua o ar condicionado em um ou dois graus. Pequenos gestos como estes também podem ajudar e muito!

Postar um comentário

0 Comentários