7 Mitos sobre a energia eólica


Infelizmente, nem todas as interpretações estão certas sobre a geração de energia eólica. Assim sendo, vamos desmascarar alguns dos mitos sobre este tipo de energia e analisar alguns factos interessantes.

A utilização da energia eólica leva a inúmeras vantagens em comparação com as energias de origem fóssil e, até mesmo, em comparação com as restantes energias renováveis.

“A energia eólica é perigosa”

A energia eólica é uma tecnologia benigna sem emissões de gases nocivos ou resíduos. Em mais de 25 anos e com mais de 70 mil turbinas eólicas instaladas em todo o mundo, muito poucas pessoas têm sido prejudicadas ou feridas pelo funcionamento normal das mesmas.

“A energia eólica mata milhares de aves”

Um estudo publicado em 2014 pela American Wind Wildlife Institute mostra-nos que as turbinas eólicas são responsáveis por cerca de 214 a 368 mil mortes de aves por ano.

Em comparação com mortes de aves provocadas por torres de telecomunicações e de rádios este número torna-se irrisório. As torres de telecomunicações e de rádios provocam por ano a morte a 6,8 milhões de aves.

O estudo mostra ainda que mais de metade das espécies de aves disponíveis por todo o mundo estão ameaçadas pelas mudanças climatéricas. Assim sendo, a energia eólica torna-se ainda mais importante para a prevenção destas espécies.

“A energia eólica estraga a paisagem”

A beleza está nos olhos de quem vê, e se acha que uma turbina eólica é feia ou não será sempre a sua opinião pessoal. No entanto, os estudos feitos mostraram que cerca de 80% da população apoia a energia eólica.

Pesquisas realizadas desde 1990, por todo o mundo e nas populações perto de parques eólicos, mostram que a maioria das pessoas está a favor da energia eólica e que o apoio está em constante crescimento.

“A energia eólica é muito cara”

O custo de geração de eletricidade a partir do vento tem vindo a cair drasticamente nos últimos anos. A energia eólica consegue agora competir com as centrais de carvão e as nucleares, mesmo sem adicionar os custos ambientais que estes combustíveis acarretam. Com os aumentos sucessivos dos preços dos combustíveis fósseis e com as descidas nos preços associados à energia eólica, cada vez mais este tipo de energia se torna mais competitiva.


“A energia eólica afeta o turismo”

Nenhum estudo consegue comprovar isto.

O primeiro parque eólico do Reino Unido, em Delabole, recebeu, nos primeiros 10 anos, mais de 350 mil visitantes. Outros parque eólicos, como o de Swaffham (em Norfolk), continuam a receber todos os anos mais de 10 mil visitantes.

Uma pesquisa feita na Escócia mostra que mais de 80% dos turistas estariam interessados em poder visitar um parque eólico.

Os proprietários de parques eólicos são frequentemente solicitados a permitir visitas pelos parques.

“A energia eólica é muito barulhenta”

A evolução da tecnologia nos últimos anos tornou o ruído mecânico provocado pelas turbinas eólicas quase nulo. Existem várias leis e requisitos que protegem as zonas residenciais do possível ruído que pode ser produzido pelas turbinas eólicas instaladas nas redondezas.

“Qualquer casa pode investir em energia eólica”

A menos que tenha um grande terreno ao redor da sua casa, provavelmente esta não é uma boa ideia para um investimento. Como disse em cima, as turbinas eólicas tem de respeitar certas leis e requisitos para que não incomodem ou prejudiquem áreas residenciais. Mesmo que respeitasse todas as leis e requisitos, se as turbinas eólicas se encontrarem perto de árvores, o vento irá tornar-se turbulento e não irá produzir a energia que seria esperada.

A produção de energia, com a ajuda das turbinas eólicas, está em constante evolução, o futuro pertence a estas novas fontes de energia!

Postar um comentário

0 Comentários