9 Projetos de energia renovável que se destacaram


O ano de 2017 foi um ano muito interessante para novos projetos de energia renovável.

Desde a construção de painéis solares nos lugares mais estranhos até ao início da revolução no armazenamento de energia em baterias, o ano de 2017 foi um ano interessante para novos projetos de energia renovável. Aqui estão 9 projetos que se destacaram naquele ano:
Baterias australianas da Tesla

Um dos projetos mais interessantes foi a instalação de uma bateria de 100 MW na Austrália. Tudo começou quando Elon Musk foi desafiado no Twitter a resolver os problemas da energia elétrica no sul da Austrália. Musk voltou para responder que poderia ser contratado para instalar um sistema de baterias dentro de 100 dias ou ele iria dar tudo de graça. Uma vez que o estado apoiou o projeto, a Tesla conseguiu fazê-lo em 60 dias e instalou o sistema de baterias que ficou totalmente operacional em Dezembro do ano passado.

Huainan na China: parque solar flutuante

É grande e flutua – a construção em Huaínan, na China, tem 166.000 painéis solares a produzir energia num enorme lago e fornecendo energia suficiente para abastecer uma enorme cidade. O governo está a procurar investir cerca de 315 milhões de euros em projetos de energia renovável até 2020, proporcionando emprego para mais de 13 milhões de pessoas de forma direta e indireta.

Energia renovável em Chernobyl

É uma área proibida desde o colapso nuclear em 1986, que obrigou a que a área fosse evacuada. Agora, está a ser investido dinheiro em grandes parques solares para ajudar a produzir a energia elétrica que a Ucrânia precisa. De acordo com o The Business Insider:
“Em 2016, o governo anunciou um plano para reconstruir 2590 quilómetros quadrados de terras em torno de Chernobyl. A terra é ainda muito radioativa para a agricultura, mas a área ainda está conetada aos grandes centros populacionais da Ucrânia, com linhas de energia que foram construídas na década de 70. Isso torna o local ideal para o desenvolvimento de energias renováveis.”
O maior parque solar do Reino Unido

Embora a energia solar tenha sofrido uma pequena recessão nos últimos anos, ela continua forte no Reino Unido. Uma vez construída, o parque solar em Cleve Hill cobrirá 365 hectares de terra e fornecerá energia suficiente para mais de 110.000 habitações. Será o maior parque solar do Reino Unido até agora.

As maiores turbinas eólicas do mundo estão em Liverpool

O Liverpool também teve o seu próprio recorde em 2017. As maiores turbinas eólicas do mundo foram instaladas na Baía de Liverpool, fornecendo energia suficiente para mais de 200.000 habitações. Cada turbina sobe a uma altura de 195 metros, enquanto as pás têm 80 metros de comprimento.

Central hídrica em Swansea permanece parada

No início de 2017, foi confirmado que o projeto era viável e de que o governo inglês iria proceder à sua própria revisão. Desde então, o custo do projeto (1,49 biliões de euros) foi a fonte de todos os problemas. Até ao momento, ainda não se sabe quando vai ser construída a central e quanto mais tempo passa, menos é a probabilidade de isso acontecer.

Escócia avança para aproveitar a força do mar

Escócia avança na exploração da força do mar para a produção de energia. As suas turbinas instaladas em Pentland Firth produziram uma quantidade de eletricidade recorde em 2017. Embora seja um pequeno projeto, destaca o enorme potencial que existe no aproveitamento da força do mar. De acordo com Hannah Smith da Scottish Renewables:
“As marés que flutuam através de Pentland Firth são algumas das mais poderosas à face da Terra e aproveitá-las significa o uso de máquinas e habilidades que nunca antes tinham sido utilizadas em escala comercial. Este último recorde faz apenas parte de um percurso para o projeto MeyGen, que está a liderar o mundo na implementação e aproveitamento da energia das marés.”

Parque solar de 300 MW na Argentina

A América do Sul não tem sido vista como um centro vital para a energia renovável, mas certamente está a começar a recuperar. A construção, iniciada em 2017, do parque solar de 300 MW faz parte de um esforço muito mais amplo para levar as energias renováveis ao país.

Dingle testa o potencial do armazenamento de energia em baterias

Pode parecer um pequeno projeto, mas o impacto pode ser enorme. O povo irlandês de Dingle está a ser usado para testar um sistema de armazenamento a baterias inteligente, com 20 habitações e com 1,14 milhões de euros investidos. De acordo com o chefe de inovação da Electric Ireland, Brian Ryan:
“Com o armazenamento de energia com recurso a baterias em instalações domésticas, este projeto fornecerá um conhecimento mais aprofundado da aplicação da tecnologia e fornecerá dados críticos para possíveis aplicações futuras”.
O projeto teve início em 2017 e deverá funcionar por dois anos.

Postar um comentário

0 Comentários