CURSO DE PAISAGISMO - Principais processos de formação e manutenção de um jardim





DESCRIÇÃO

Entendendo o Jardim apresenta os conceitos fundamentais para escolher melhor plantas ornamentais e orienta sobre os processos mais adequados para a formação e manutenção de jardins. Com conteúdo abrangente traduzido em linguagem simples e direta, o curso dá base para tomar as melhores decisões na construção de jardins saudáveis, sustentáveis e que dão certo!


  • Ecologia urbana: o que fazer para obter sucesso e eliminar frustrações no cultivo de jardins?
  • Botânica para paisagistas: como são constituídos os organismos das plantas e como seu desenvolvimento ensina a lidar com elas?
  • Bases do jardim: o solo é muito mais que a base física sobre a qual as plantas se apoiam e boa parte do sucesso de um jardim depende da sua preparação adequada.
  • Manutenção de jardins: compreenda as principais práticas e rotinas para que um jardim se mantenha saudável e bonito ao longo de toda a sua vida.
  • Controle de pragas e doenças: nem sempre os sinais de pragas e doenças são intuitivos, descubra que é preciso para identificar o problema e saber saná-lo.
  • Plantas ornamentais: conheça as principais características de mais de 300 espécies ornamentais. As aulas são organizadas e dedicadas especificamente a Gramados, Forrações, Arbustos, Árvores, Palmeiras, Trepadeiras, Orquídeas e Bromélias.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
  • ECOLOGIA URBANA
Reconhecer que cada planta tem origem em um ambiente específico permite compreender suas características e necessidades, o que é imprescindível para o sucesso de qualquer jardim. (1h e 54min)

  • MANUTENÇÃO DE JARDINS
Jardins são ambientes artificialmente criados e, portanto, devem ser artificialmente mantidos. Por não estarem sujeitos aos ciclos naturais dependem de uma rotina permanente de intervenções. (1h e 27min)

  • ARBUSTOS
São plantas lenhosas, multicaules e que na maior parte das vezes não possuem tronco aparente/exposto, usadas para a formação de renques e cercas-vivas. Veremos as características e o comportamento de 61 diferentes espécies. (1h e 51min)

  • TREPADEIRAS
Muito versáteis, são plantas cujos caules não suportam o próprio peso, crescendo horizontalmente sobre o solo ou ascendendo, apoioando-se, enrolando-se ou prendendo-se a um suporte. Veremos as características e o comportamento de 46 diferentes espécies. (1h e 54min)

  • BOTÂNICA PARA PAISAGISTAS
As plantas são organismos vivos e complexos. É a partir da compreensão de suas estruturas e de seu funcionamento que se definem as formas com que devemos lidar com elas. (1h e 54min)

  • CONTROLE DE PRAGAS E DOENÇAS
O ataque de pragas e doenças é muitas vezes sintoma de desequilíbrio do próprio organismo ou do ambiente. Promoção do equilíbrio, da diversidade, respeito ao ambiente e às características das plantas são as ações mais efetivas para o controle de pragas e doenças, por serem preventivas. (1h e 49min)

  • ÁRVORES
São plantas de médio e grande porte, com caule único aparente e copa ramificada acima da altura dos usuários do espaço, cujo sombreamento é muito benéfico ao conforto em áreas urbanas. Veremos as características e o comportamento de 63 diferentes espécies. (1h e 40min)

  • GRAMADOS
São formados plantas herbáceas, prostradas, estoloníferas, de crescimento vigoroso e com resistência ao pisoteio. Devem ser plantadas a sol pleno e apreciam terrenos bem drenados e podas regulares. Veremos as características e o comportamento de 10 diferentes espécies. (1h e 25min)

  • AS BASES DO JARDIM
O preparo do terreno é o alicerce de todo o projeto de paisagismo. Após a implantação do jardim torna-se quase impossível corrigir os erros estruturais cometidos. (1h e 38min)

  • FORRAÇÕES
São plantas baixas, geralmente herbáceas dicotiledôneas, usadas para formar maciços encobrindo o solo, ou bordaduras ao longo de caminhos. Veremos as características e o comportamento de 58 diferentes espécies. (1h e 21min)

  • PALMEIRAS
São as plantas mais características da flora tropical, trazendo aos jardins um pouco da exuberância dos ambientes em que se originaram, sendo usadas para emoldurar vistas, orientar caminhos ou como plantas de destaque. Veremos as características e o comportamento de 49 diferentes espécies. (1h e 40min)

  • ORQUÍDEAS E BROMÉLIAS
As orquídeas são uma família muito numerosa de plantas, caracterizada pela transformação de uma pétala em labelo, de hábitos epífitas, rupícolas ou terrestres. As bromélias são plantas em forma de roseta, freqüentemente acumulam água em seu centro, epífitas ou terrestres. Muito ornamentais e decorativas, veremos as características e o comportamento de 22 diferentes espécies de bromélias e 20 espécies de orquídeas. (1h e 26min)




Comentários