Ilhas Mauricias geram 14% da sua energia com recurso á biomassa


As Ilhas Maurícias têm muito poucos recursos naturais e tal como muitas ilhas do mundo importa petróleo para gerar eletricidade, mas deram um passo em frente para ficar cada vez menos dependentes deste combustível caro e poluente.

Depois de um grande investimento na criação de sistemas energia solar, eólica e hidroelétrica, está também aproveitando uma cultura abundante na ilha, a cana-de-açúcar, que através da biomassa fornece 14% da energia da ilha.


As ilhas Maurícias, situadas a leste de Madagascar, aproveitam o chamado bagaço, que nada ,mais é que as sobras do processamento da cana de açúcar para a produção de energia.

Este material tem um potencial para o uso como combustível de caldeiras que fazem acionar turbinas que produzem energia, sendo uma fonte renovável e muito econômica.

As inovações energéticas das Maurícias podem pressagiar o futuro de muitas outras áreas do mundo, uma vez que as áreas dependentes de energia fóssil, outrora barata, começam a sentir o custo dos combustíveis fósseis que estão sempre a subir.

O objetivo do governo é aumentar a cota de energia renovável no plano energético para 35% até 2025", disse o vice-primeiro-ministro e ministro da Energia das Maurícias, Ivan Collendavelloo.

Fonte: ScienceAlert

Postar um comentário

0 Comentários