O pilar da economia circular da educação ambiental

A entrevista com Francesco Martellini da Amici della Terra para conhecer os dois projetos vencedores do concurso anunciado pelo MinAmbiente.


Ele foi recebido com grande entusiasmo e satisfação pelo ambientalista Amigos da Terra na notícia de ganhar o concurso anunciado pelo Ministério de educação ambiental . O anúncio, ontem, os viu como vencedores com dois projetos que têm um único tema central: a economia circular . A Canale Energia entrevista Francesco Martellini, do escritório de comunicação.

CircoLABS e Unbox Eat são os dois vencedores do anúncio do Ministro do Meio Ambiente: como eles serão recusados?

O primeiro CircoLABS faz parte da campanha nacional dos Amigos da Terra "Desperdício Zero - rumo à economia circular", com a intenção de dar um seguimento operacional ao trabalho realizado no ano passado com a construção do site www.zerosprechi.eu e para melhorar a experiência que adquirimos, a partir de crianças em idade escolar. 

Neste caso, o experimento será particularmente interessante porque trabalharemos com um instituto abrangente e duas escolas secundárias na província de Arezzo, na área do Parque Nacional Casentino Forest, envolvendo crianças de todas as idades. Nós vamos lidar com o conceito de economia circular através de seis laboratórios diferentes que representam situações da vida real, cada uma caracterizada por um nível sensorial e comunicativo diferente. Além disso, a atividade inclui visitas a plantas envolvidas em práticas de economia circular na área.

Unbox Eat é o nome do outro projeto que vamos realizar na província de Frosinone, também neste caso, juntamente com três escolas, todas dentro do Parque Nacional Abruzzo-Molise-Lazio. Como podemos imaginar a partir do nome, queremos conscientizar os alunos sobre as questões de tornar as embalagens de alimentos mais eficientes, de compras conscientes, de reduzir o desperdício e a importância da coleta seletiva de qualidade. 

Neste caso, após as reuniões introdutórias com as turmas, com uma oficina de culinária, ensinaremos as crianças a se diferenciarem corretamente, reutilizar todos os materiais possíveis e, em vez disso, seguir os resíduos durante o processo de reciclagem, para mostrar a importância da sinergia entre um bom processo industrial diferenciado e virtuoso.

Quais parceiros eles envolvem?

O CircoLABS foi criado graças às parcerias com a Confindustria Toscana Sud (Arezzo, Grosseto e Siena) e Aisa Impianti, que proporcionaram espaços e tempo para dedicar às crianças que visitarão empresas que atuam nos setores de recuperação de metais preciosos, recuperação de sucata e de gestão de resíduos.

O Unbox Eat é um projeto realizado inteiramente pelos Amigos da Terra. Aproveitamos também a oportunidade para agradecer a todas as seis escolas que foram sensíveis às nossas questões e que aceitaram as nossas ideias de projeto.

Como você vai usar os fundos recebidos, 30.000 euros para cada projeto?

Os fundos serão utilizados, em ambos os projetos, para a realização dos materiais necessários para os laboratórios, as visitas das crianças às instalações externas e aos parques. 

Os projetos são replicáveis ​​em outros territórios?

O sistema modular de laboratórios e os materiais que serão produzidos foram projetados para serem adaptados a todos os níveis de ensino e para serem incluídos na atividade escolar, respeitando as necessidades das instituições. Ambos os projetos são baseados em laboratórios que lidam com a circularidade a partir da experiência prática e cotidiana das crianças, ajudando-os a abordar temas que são muito complexos em si mesmos.

Quando eles vão sair?

Estamos trabalhando nestes dias com todas as escolas e outros parceiros do projeto para organizar as iniciativas dentro das atividades educacionais dos meninos. O CircoLABS provavelmente começará primeiro, até o final do ano letivo atual, enquanto o início do Unbox Eat deve ocorrer após o verão.

Postar um comentário

0 Comentários