Baleia encontrada morta nas Filipinas, tinha 40 quilos de plástico no estômago

Os efeitos catastróficos do plástico nos oceanos tem feito muitas vítimas. Mesmo os seres humanos comem já alimentos com uma quantidade considerável de microplásticos. O futuro também irá mostrar que estamos a morrer lentamente com uma profunda intoxicação de plástico.


Prova de uma poluição generalizada, principalmente nos mares, foi agora descoberta uma baleia que tinha 40 quilos se plástico no estômago. 16 sacos de arroz, uma lona plástica usada em plantações de banana e sacos de compras foram alguns dos objetos de plástico retirados do interior da baleia.

Na passada sexta-feira, foi encontrada uma baleia na costa sudeste das Filipinas. O animal tinha 40 quilos de plástico no estômago, conforme foi dado a conhecer pela imprensa local.

O cetáceo, uma baleia-bicuda-de-cuvier, apareceu na sexta-feira à beira-mar no município de Mabini, na província de Valle Compostela, tendo sido submetido a autópsia no domingo.

Entre os objetos de plástico encontrados dentro da baleia estão 16 sacos de arroz, uma lona plástica usada em plantações de banana e sacos de compras, concluiu o Departamento de Pesca e Recursos Aquáticos da província.

O biólogo marinho Darrell Blatcheley afirmou que nos dez anos em que examinou baleias e golfinhos mortos, a maioria morreu na sequência da ingestão de plástico.

Postar um comentário

0 Comentários