Os estádios de futebol no Brasil vão gerar energia solar e eólica


Arquitetos brasileiros querem que os estádios de futebol sejam empreendimentos sustentáveis. A ideia dos profissionais é aproveitar as coberturas dos estádios como usinas de geração de energia solar.

As usinas serão capazes de abastecer não só as operações dos estádios, mas também parte da demanda por energia em volta da construção.

Com isso, esses arquitetos vão transformar os estádios em empreendimentos ainda mais úteis para a sociedade.

Segundo análise desses profissionais as coberturas possuem alto potencial para captação de energia solar por meio de painéis fotovoltaicos, além de possuírem altura suficiente para a instalação de microturbinas eólicas também.

Quando é possível captar energia destas formas, logo será possível conectar os estádios à rede de energia e edifícios próximos.

Já há alguns lugares no mundo que estão aproveitando os estádios para gerar energia renovável, como é o caso da Alemanha com o estádio do time de futebol SC Freiburg e em Taiwan no Estádio Nacional Kaohsiung.

Tais iniciativas poderiam, então, ser a solução para diversos estádios construídos no Brasil.

Postar um comentário

0 Comentários