Phono Solar, fabricante de módulos PV de olho nos EUA e América do Sul


A Phono Solar Technology é um fabricante de PV baseado em Nanjing, China, é um fornecedor rentável, tendo atingido o status de primeiro nível em 2014 e faz parte do SUMEC Group Corp., um grupo industrial diversificado com mais de 80 bilhões de iuanes (US $ 11,87 bilhões) em faturamento em 2018.

Segundo Aaron Wu, vice-presidente executivo da Phono Solar Technology, a SUMEC também é uma grande empresa comercial com volumes significativos em uma ampla gama de produtos. Podemos citar como exemplo, seu volume de negócios em produtos de alumínio é de 8 milhões de toneladas por ano. Com um forte balanço patrimonial e relacionamentos no lado comercial, bem como sua experiência em P&D e desenvolvimento de produtos, a SUMEC e a Phono Solar podem criar as soluções certas para atender à demanda em mercados específicos.


Em parceria com a Panasonic no Japão, a Phono Solar fornece uma solução PV integrada ao mercado, envolvendo seus módulos de última geração e racking fornecidos por um fabricante japonês local. Na frente de armazenamento da bateria, a Phono Solar pode alavancar um forte relacionamento com os fabricantes chineses de baterias para fornecer soluções de armazenamento PV + para atender aos requisitos locais. Esses fabricantes de baterias chinesas fornecem componentes de qualidade e a Phono Solar adiciona os recursos de BMS e EMS para atender às necessidades do mercado específico ao qual está se dirigindo.

Aaron Wu também acredita na tendência de localizar a fabricação de módulos. A empresa já opera fábricas de módulos na Turquia (500 MW) e no Vietnã (500 MW), que complementam sua principal base de produção de 1 GW na China continental. Curiosamente, ambas as usinas satélites estão em lados opostos da Iniciativa Belt and Road da China, que busca criar uma moderna Rota da Seda para estimular o investimento em uma vasta área do sudeste da Ásia até a África e o Mediterrâneo. Wu menciona a esfera Belt and Road como sendo o centro das atividades de EPC da Phono Solar, com países como o Paquistão e o Vietnã representando os principais mercados.

Com a Phono Solar concentrando-se na parte de gerenciamento e subcontratando o trabalho de EPC de nível inferior para subcontratados locais. Isso resulta em custos mais baixos, mantendo os padrões de alta qualidade da Phono Solar. Alta qualidade também é o nome do jogo no lado do módulo de seus negócios, com uma ampla gama de produtos de alta eficiência, incluindo painéis de metal wrap-through (MWT), que representarão cerca de 10% dos embarques do módulo do fabricante este ano.

Também são oferecidos produtos de corte e barramento múltiplo (MBB), com os módulos MBB tendo recentemente passado pela fase de certificação. A equipe da Phono Solar também acredita nos módulos poly de silício preto PERC e Wu vê eficiências de 20 a 20,5% oferecendo um bom valor nesta categoria de produto.

Em termos de mercados geográficos, Wu está entusiasmada com o potencial oferecido pela Europa e aponta para o importante papel que os atores europeus têm em outros mercados, como a África e a América Latina. Ele também é fã do mercado dos EUA, apesar das barreiras comerciais impostas pelo governo dos EUA.

No momento, a Phono Solar está explorando possíveis oportunidades de produção de painéis nos Estados Unidos, incluindo a aquisições. Também na América do Sul, a empresa está examinando oportunidades no Brasil e na zona franca do Uruguai. A empresa tem observado que a demanda na América Latina tem aumentadomuito nos últimos seis a 12 meses.

Vamos acompanhar os próximos passos da Phono Solar nas Américas, bem como seu modelo de negócios – fornecimento de módulos, soluções fotovoltaicas e negócios de EPC, como realizado em em outras partes do mundo. 

Fonte: PV Magazine / Eckhart Gouras

Postar um comentário

0 Comentários