Geração fotovoltaica distribuída para farmácias de varejo no sul do Brasil

A Rede de Farmácia São João, uma das maiores varejistas de medicamentos do Brasil, e a AES Tietê, concordam em construir três novas usinas solares de geração distribuída de 3 MW de capacidade. Em sua construção, a AES Tietê investirá R $ 17 milhões (US $ 4,4 milhões).


A Rede de Farmácia São João, uma das maiores redes varejistas de fármacos do Brasil em operação na região sul do país, é a nova parceira da AES Tietê em geração solar distribuída.

A AES Tietê, divisão da AES Brasil, que é subsidiária da americana AES Corporation, investirá R$ 17 milhões (US$ 4,4 milhões) na construção de um parque solar composto por três plantas que ficarão localizadas na região sudoeste do estado do Rio Grande do Sul. Com cerca de 10 mil módulos fotovoltaicos, eles terão uma potência estimada de 3 MW e devem começar a operar em 2020.

Em média, os 3.000 MWh gerados a cada mês serão injetados nas redes da CEEE, RGE e RGE Sul. A duração do contrato é de 12 anos.

Conforme relatado pela AES em comunicado à imprensa, espera-se que mais de 200 lojas façam parte do projeto, o que significará uma economia de mais de 20% para essas unidades. "A geração distribuída traz uma grande oportunidade para reduzir os custos das redes de varejo, porque o valor da energia, além de ser previsível, é muito mais competitivo em relação ao preço da distribuidora, que é regulado", explica Rogério Jorge, Diretor de Relações com Clientes da AES Tietê.

Postar um comentário

0 Comentários