Mercado de veículos elétricos cresce 167% em maio

O turismo elétrico registrou 900 registros no quinto mês do ano

veículos elétricos somaram 900 registros em maio, um aumento de 167% em relação ao mesmo período de 2018. No acumulado do ano, 4.285 carros elétricos puros em Espanha foram registrados, o que representa um aumento de 117% , de acordo com dados acordados entre a Associação Empresarial para o Desenvolvimento e Promoção da Mobilidade Elétrica, AEDIVE e a Associação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores, Reparação e Peças Sobressalentes, GANVAM.

Todos os canais cresceram em seus dados de registro de veículos elétricos em comparação a maio do ano passado. Especificamente, a empresa registrou 505 unidades em maio, representando um aumento de 120%, pessoas físicas com 303 e um aumento de 315%, e alugando com 92 veículos vendidos, 171% a mais.

Entre janeiro e maio, foram registrados 2.521 registros de veículos elétricos para empresas, 1.470 para particulares e 294 para aluguel, com crescimentos de 94,5%, 140% e 352,3%, respectivamente.

Por marcas, Nissan (208), Tesla (152), Smart (150), Hyundai (101) e Renault (115) posicionam-se como os fabricantes mais vendidos com a oferta das suas diferentes gamas de veículos eléctricos em Espanha.

E, para os modelos, o Nissan Leaf mantém sua liderança em maio, com 208 unidades registradas, seguido do Tesla Model 3 (122) e do Renault Zoe (115).

Enquanto isso, o plug-in carros híbridos (PHEV) totalizou 669 inscrições no quinto mês do ano e acumular um total de 3.059 unidades registradas até agora este ano, 73,4% em comparação com o mesmo período do ano passado .

Nesta categoria, as marcas mais vendidas foram Mitsubishi (145), Mini (142 unidades) e BMW (136), se matricular versões respectivamente híbridos pluggable PHEV modelos Outlander (145), Countryman híbrido plug-in (142) e Série 2 Active Tourer (98 unidades).

Apesar de, em maio, terem sido vendidos 43% menos ciclomotores elétricos do que no mesmo mês de 2018, esse segmento atinge a marca de 1.784 unidades registradas no acumulado do ano, ou seja, 25,5% a mais.

As motocicletas elétricas reduziram suas inscrições em 57,8% e registraram 578 vendas no total dos cinco meses do ano. E nos derivados do segmento, vans e pegar elétrica cresceu 29%, depois de se matricular 846 unidades nos cinco meses de 2019. Os modelos mais vendidos foram o E-NV200 Nissan (130 registros) e Kangoo ZE da Renault (85).

Comentários