Energia solar nos campos de cana-de-açúcar cubanos

Hoje a notícia vem da área de Los Siguatos em San Antonio del Sur.

Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente

Até o final deste mês, os primeiros 2,2 MW serão conectados ao Sistema Elétrico Nacional de Cuba, a partir de um parque fotovoltaico que gerará 4,4 MW ao final de sua construção.

A usina localizada na área conhecida como Los Siguatos, terá pouco mais de oito mil painéis fabricados na ilha, segundo informações fornecidas por Yusif Borot Jiménez, da Guantanamo Integral Construction Company, Guanco, e transmitidas pela Rádio Guantánamo

O parque solar Los Siguatos consistirá de 17.600 painéis policristalinos de 270 Watts, 800 mesas e quatro bases tecnológicas para transformadores de origem chinesa, além de outras obras civis de segurança do local.

Alguns atrasos na construção desse trabalho de infra-estrutura se devem ao déficit de materiais das estruturas metálicas sobre as quais os painéis são montados, bem como à escassez de combustível para o transporte de outros insumos da obra.

Atualmente, a província tem uma geração de energia instalada de 11,1 MW de pico a partir da energia solar, gerada nos parques de Santa Teresa-Los Güiros e a localizada próxima ao Terminal Rodoviário, na cidade de Guantánamo. ; La Yaya, em Niceto Pérez; e a de Punta de Maisí.

Postar um comentário

0 Comentários