Mercado em expansão: em 15 meses, DF ganha 5 usinas de energia solar


O mercado de energia sustentável no Distrito Federal movimenta milhões de reais e tem feito o número de usinas fotovoltaicas na cidade crescer. Apenas nos últimos 15 meses, cinco complexos classificados pela Companhia Energética de Brasília (CEB) como os maiores da capital atualmente foram criados: Claro, Shinzen, Origem Energia, Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Levvo.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que regula todas essas empreitadas, elas compõem um universo de 45 geradoras do chamado autoconsumo remoto em Brasília, quando existe a criação de um local em separado apenas para captar a radiação solar. Elas também integram 980 unidades abastecidas pela chamada geração distribuída de energia solar na cidade.

Além dos chamados grandes clientes, o novo sistema desperta a atenção de pequenos e médios empresários, que podem economizar até 95% na conta de luz após a instalação da tecnologia.

Postar um comentário

0 Comentários