O maior parque solar da Costa Rica tem investidores da ABB

A ABB anuncia sua colaboração com a maior usina solar da Costa Rica. A empresa forneceu inversores de alta potência PVS-175 para o Projeto Cooperativo Fotovoltaico, uma instalação de 6,2 MW em operação no distrito norte de Pocosol.

Foto: ABB

Até 28 dos inversores PVS-175 da empresa austríaca ABB foram adicionados no início deste ano ao Projeto Cooperativo Fotovoltaico, uma instalação de 6,2 MW em operação no distrito norte de Pocosol, que é o maior da Costa Rica.

A instalação de 19.000 painéis, construídos pela incorporadora Thesan Renewables, fornecerá a Coopelesca, que é apresentada como a primeira cooperativa de energia não-carbono na América Latina.

Como explicado a partir da empresa ", em um contexto que 95% da energia da Costa Rica vem de fontes renováveis, como a energia hidráulica, geotérmica e eólica, o país busca fontes alternativas para reduzir a sua dependência da energia hidrelétrica e salvaguardar a sua segurança energética a longo prazo, como resultado da mudança nos padrões climáticos ".

A Thesan e a ABB levaram quatro meses para concluir a usina solar e forneceram uma instalação fotovoltaica com blocos de energia modulares que poderiam ser implantados com sucesso dentro de um tempo de entrega exigente.

Nas palavras de ABB, "o conceito de bloco de poder no centro incluiu 28 investidores PVS-175 que oferecem total flexibilidade e escalabilidade para projetos futuros e desempenho mais sustentável, com maior produtividade e fator de potência. A cadeia inversor densidade fase PVS-175-TL proporciona maior mercado de energia dentro do segmento 1500 Vdc, 185 kVA até 800 VCA, e pode alcançar uma densidade de potência de 1,2 kW / kg de ultra elevada ".


A planta foi inaugurada no final de março pelo presidente da República, Carlos Alvarado Quesada, líderes do governo e diretores da Coopelesca.

Postar um comentário

0 Comentários