Toray do Japão para fabricar componentes de bateria na Europa

A empresa japonesa de materiais Toray anunciou planos para abrir uma instalação para fabricação de filmes separadores de bateria para uso em baterias de íons de lítio. A fábrica deverá iniciar as operações em julho de 2021 e aumentará o material de produção da Toray para o componente em cerca de 20%.

Sede da Toray Industries, Inc. em Osaka, Japão. Imagem: Jo / Wikimedia

A Toray Industries, Inc. anunciou planos para abrir uma nova fábrica na Hungria para a produção de filmes separadores de bateria (BSF) para uso em baterias de íons de lítio. A nova fábrica está programada para entrar em operação em julho de 2021 e ficará localizada a aproximadamente 60 km ao norte de Budapeste, na fronteira com a Eslováquia, na cidade de Nyergesújfalu, onde a Toray já opera uma base de fabricação de outros materiais plásticos.

A empresa diz que vai investir cerca de € 200 milhões na nova fábrica, e que está solicitando um subsídio do governo húngaro para apoiar o seu desenvolvimento.

O filme separador é uma camada de polímero que separa o ânodo e o cátodo dentro de uma célula de bateria, evitando curto-circuito sem bloquear os íons que se movem através da célula enquanto carrega e descarrega.

Segundo Toray, a fábrica adicionará aproximadamente 20% à sua capacidade de produção de BSF proveniente de fábricas existentes no Japão e na Coréia do Sul. A empresa descreve a fabricação de BSF como "a maior prioridade" em seus negócios de filmes, afirmando que espera que a demanda por materiais se expanda rapidamente com base nas tendências de armazenamento de energia, veículos elétricos e eletrônicos de consumo.

O movimento europeu poderia ser mais uma prova do continente que está construindo uma forte cadeia de suprimentos para a fabricação de baterias de íons de lítio, que inclui a fabricação de componentes menores. Em julho, a fabricante chinesa Contemporary Amperex Technology Ltd (CATL) anunciou planos de investir até € 1,8 bilhão para uma fábrica de células de bateria na Alemanha.

A CATL espera fornecer a maior parte das células de bateria fabricadas nesta instalação para as montadoras europeias - tendo assinado um contrato de longo prazo de 4 bilhões de euros com a BMW. Toray também identifica o mercado europeu de veículos elétricos como chave para sua estratégia. “Na Europa em particular, onde a consciência ambiental está aumentando, prevê-se que os veículos EV ecológicos se espalhem rapidamente, e os fabricantes de baterias também estão entrando ativamente nos mercados europeus”, diz o comunicado da empresa.

Postar um comentário

0 Comentários