Chile multiplica por 4 o número de veículos elétricos no último ano e meio

Isto foi afirmado pelo Ministro da Energia na inauguração da Feira Internacional de Mobilidade Eletrônica, Fidelmov.

Juan Carlos Jobet, Ministro da Energia do Chile, na inauguração da Feira Internacional de Mobilidade Eletrônica, Fidelmov. - Foto: Ministério da Energia, Chile

O ministro da Energia, Juan Carlos Jobet, chegou quinta-feira ao Centro Cultural da Estação Mapocho para fazer o discurso de abertura da primeira edição da Feira Internacional de Mobilidade Eletrônica, Fidelmov, uma iniciativa que estará aberta até o sábado 31.

Nesse contexto, o ministro Jobet revelou que “a eletromobilidade já faz parte do presente de nosso país. Nos últimos 18 meses, o número de veículos elétricos mais que quadruplicou, o que nos coloca em situação regular diante do nosso compromisso de multiplicar a eletromobilidade por 10 a 2022. Mais de 400 ônibus circulam no transporte público, tornando , sem contar as cidades da China, Santiago é a cidade com o maior número de ônibus elétricos nas ruas. ”

Além disso, ele apontou que o Chile tem como objetivo que 100% do transporte público seja elétrico até 2040 e 40% do transporte privado até 2050.

“Também garantiremos a interoperabilidade da infraestrutura de carga. Nesse sentido, a declaração de instalações elétricas específicas para eletrolineras (TE6) já está em vigor e os regulamentos relativos ao design de instalações de eletrolineras e homologação de carregadores também estão prontos para consulta pública”, afirmou.

Já existem 81 carregadores de acesso público no Chile e, até o final do ano, eles são projetados em 150 em todas as regiões do país.

Postar um comentário

0 Comentários