PPA assinado por 230 MW de terra no Chile

A Atlas Renewable Energies fornecerá 550 GWh / ano à subsidiária chilena da gigante francesa de energia Engie sob um contrato de 15 anos. A eletricidade será fornecida pelo projeto Sol del Desierto, de 230 MW, que a Atlas está construindo no norte do Chile.

A Atlas Renewable Energy , empresa de energia renovável de propriedade do fundo britânico Actis, garantiu um PPA de 15 anos para um projeto de 230 MW que está sendo desenvolvido no norte do Chile pela Engie Energía Chile, subsidiária chilena do grupo. Engie de energia francesa.

A empresa informou que seu projeto Sol del Desierto, localizado no município de María Elena, na região norte de Antofagasta, será construído em terras sob concessão do Ministério de Ativos Nacionais e que, através do PPA, fornecerá a Engie cerca de 550 GWh / ano.

No entanto, o preço pelo qual essa energia será vendida não foi divulgado. Atlas acrescentou que a planta estará operacional em janeiro de 2022, sem fornecer mais detalhes técnicos ou financeiros.

Na América Latina, a Atlas também possui e opera um parque solar no Brasil, o complexo solar São Pedro de 67,1 MW, duas usinas solares no Uruguai, Del Litoral (17 MW) e Naranjal (59 MW) e duas instalações fotovoltaicas no Chile, Javiera (69,5 MW), o primeiro a garantir uma PPP privada no país, e Quilapilún (110 MW).

A Atlas possui um plano de investimento de cerca de US$ 525 milhões em projetos solares no Chile, México, Brasil e Uruguai, onde pretende implantar cerca de 1,5 GW no médio prazo.

Postar um comentário

0 Comentários