À venda o primeiro carro elétrico fabricado na Bolívia

O preço do veículo fabricado pela Quantum varia entre 5.000 e 6.000 dólares. 60% das peças do carro são importadas, enquanto os 40% restantes são fabricados na Bolívia.

Foto: Quantum Motors Industries

A empresa boliviana Industrias Quantum Motors SA apresentou na sexta-feira passada em Fexpocruz (no recinto de feiras de Alalay, Cochabamba) a primeira fabricação de carros elétricos no país. 60% das peças dos veículos são importadas, enquanto os 40% restantes são fabricados na Bolívia.

José Carlos Márquez, gerente da Quantum, explicou que os veículos são montados e produzidos por engenheiros bolivianos e têm capacidade para transportar três pessoas.

O preço dos veículos varia entre US$ 5.000 e US$ 6.000: o custo do E2 é de US$ 5.450, mas no lançamento será oferecido inicialmente em 4.700, enquanto o E3 custará US$ 5.950, que, por promoção, serão reduzidos para 5.200. Se as projeções da empresa no mercado boliviano se concretizarem, poderá produzir 200 unidades por mês.

Além disso, o consumo de energia elétrica desses carros (é de 600 watts por hora para o E2 e 800 para o E3, portanto o custo médio é de 2 bolivianos por 50 quilômetros percorridos. “O veículo é alimentado pela conexão a um sistema elétrico que fornece 220 volts. O tempo de carregamento é de 6 horas e oferece autonomia de 60 a 70 quilômetros, pode atingir uma velocidade máxima de 42 quilômetros por hora e é adequado para todo o território boliviano ”, afirmou Márquez Portal boliviano The Duty.

Postar um comentário

0 Comentários