Inaugurada nova planta fotovoltaica de autoconsumo em El Salvador

A Enertiva venceu o concurso para desenvolver a instalação fotovoltaica, composta por 1.238 painéis solares e 7 inversores que completam uma capacidade instalada de 414,73 kWp. Serão gerados 606.700 kWh por ano.

Painéis solares instalados no campus corporativo de Tigo, Via del Corso, Toscana. - Foto: Enertivo

O CEDES, Conselho Empresarial Salvadorenho para o Desenvolvimento Sustentável de El Salvador, lançou em maio último um concurso privado para a construção de um projeto solar fotovoltaico nas instalações do Campus Corporativo de Vía del Corso, onde os Escritórios Corporativos da Empresa de telefonia celular Tigo em El Salvador.

Agora, o Tuscania Corporate & Business Park (TCBP), desenvolvedor do complexo Vía del Corso e o campus corporativo em que Tigo El Salvador opera, inaugurou a usina de energia solar com a qual espera gerar economias significativas no uso de energia elétrica.

Segundo a Enertiva em comunicado, o investimento na instalação excedeu US $ 500.000 e é composto por 1.238 painéis solares e 7 inversores que completam uma capacidade instalada de 414,73 kWp. Serão gerados 606.700 kWh por ano, equivalente à energia consumida por 200 residências.

Com a instalação da usina de energia solar, a Tuscania completará todos os requisitos para obter a certificação LEED (Liderança em Energia e Design Ambiental) na categoria Platina, e é o primeiro projeto no país a obtê-la.

Tuscania é o Complexo Urbano que nasceu sob um conceito inovador em El Salvador. Possui dois conjuntos habitacionais, duas áreas esportivas, o Colégio Maya e um Campus Corporativo na Via del Corso, que abriga Tigo El Salvador. Além disso, já está em construção um Centro de Conveniência que facilitará o comércio dentro do complexo.

Postar um comentário

0 Comentários