Instalação fotovoltaica de autoconsumo para empresa brasileira de surf

A Freesurf, a primeira empresa brasileira de surf que neutralizou suas emissões de carbono, agora terá uma instalação fotovoltaica de autoconsumo com capacidade de 79,2 kWp e uma geração mensal estimada de 8.268 kWh, suficiente para atender todo o consumo de energia da empresa. 

O convés Freesurf no qual o sistema fotovoltaico de autoconsumo será instalado. - Imagem: Freesurf

Fundada há quase 30 anos em Gravataí (RS), pelo surfista e empresário Glauber Pacheco, a marca Freesurf de equipamentos de surf está presente em mais de mil lojas do setor no Brasil e pretende continuar expandindo com o uso de energia limpa Foi a primeira empresa brasileira de surf que neutralizou suas emissões de carbono e agora terá uma instalação fotovoltaica de autoconsumo com capacidade de 79,2 kWp e uma geração mensal estimada de 8.268 kWh, suficiente para satisfazer todo o consumo de energia da empresa .

O projeto foi concebido e está sendo executado pela Engie desde agosto, e espera-se que a instalação, localizada em um telhado com 489 m², seja concluída em outubro. Os R$ 333.000 (cerca de US$ 82.000) exigidos pelo investimento serão pagos dentro de três a quatro anos. Somente no primeiro ano de operação, a economia na conta de energia será de aproximadamente R$ 80.000 (US$ 19.700).

Postar um comentário

0 Comentários