Usina solar em Oruro de 50 MW inaugurada na Bolívia

Foi anunciado pelo Ministério da Energia do país andino, segundo o qual foram investidos aproximadamente 42,6 milhões de dólares no projeto.

Construção da usina fotovoltaica de Oruro na Bolívia. - Foto: Ministério da Energia da Bolívia

Foi realizada a construção da primeira fase do projeto solar Oruro, de 50 MW. Foi anunciado pelo Ministério da Energia boliviano em uma declaração, na qual afirma que o vice-presidente Álvaro García Linera participou da cerimônia de inauguração do projeto.

A planta está localizada na comunidade de Ancotanga, no município de Caracollo, no departamento de Oruro. A obra foi executada com um investimento de 42,6 milhões de dólares, informou o ministério. Com a incorporação dos 50 MW de Oruro e as usinas solares de Uyuni, Yunchará, El Sena, Cobija, além da queima eólica e açúcar de Qolpana, o país está produzindo 194 MW de energia alternativa, informou o ministério.

A usina solar de Uyuni, construída na região de Uyuni, na província de Antonio Quijarro, conectou-se à rede em setembro.

Em meados de junho, a construção do projeto Oruro havia atingido 85%, enquanto em maio havia atingido 70%. A segunda fase do projeto foi aprovada em fevereiro e também será realizada pelo TSK espanhol.

Postar um comentário

0 Comentários