7 Benefícios da Energia Solar para Indústrias e Fábricas



No Brasil, o setor industrial é responsável pelo consumo de 40% da energia gerada pelas hidrelétricas no país. No entanto, grande parte dessa energia é desperdiçada, seja no pouco aproveitamento dos recursos ou na eficiência energética insuficiente. Por isso, vamos trazer algumas possibilidade economia, que incluem a instalação da energia fotovoltaica para indústrias.

Dessa forma, nas chamadas fábricas inteligentes, o consumo de energia elétrica pode reduzir cerca de 80%. Além disso, os custos de manutenção podem reduzir em até 40% e os ganhos de produção podem aumentar em 25%. 

No entanto, como chegar a esse valores? Mudar o sistema de energia elétrica pela energia solar fotovoltaica pode ser a resposta. No texto a seguir, mostramos 7 benefícios que a energia fotovoltaica pode trazer para a sua indústria. Confira!

Porque investir em energia fotovoltaica para indústrias

Atualmente, as principais fontes de energia na indústria são o bagaço de cana, lenha, carvão vegetal e eletricidade. No entanto, por que a energia solar fotovoltaica não entra nessa conta? Vamos ver a seguir as vantagens e benefícios dessa fonte de energia limpa e sustentável.

1. Economia financeira

A energia solar fotovoltaica pode ser utilizada em todos os tipos de indústria, desde as de vestuário até as alimentícias e de todos os outros ramos. A princípio, a instalação dos painéis solares pode parecer com um custo alto, no entanto, a longo prazo, a sua economia de energia elétrica pode chegar até 98% do que você paga hoje.

Geralmente o ROI ou retorno sobre o investimento, costuma ser de 5 anos. Parece muito, mas ao comparar que o sistema de energia fotovoltaica costuma durar 25 anos, o investimento é válido, não é?

2. Incentivos fiscais

Grande parte da energia elétrica do Brasil é gerada pelas hidrelétricas. No entanto, elas dependem das chuvas e, quando é tempo de estiagem, muitas cidades ficam sem luz, pela alta demanda e baixa geração de energia. Por isso, muitos bancos financiam a obtenção das placas solares pelas indústrias.

Um exemplo disso é o BNDES. Por meio de juros subsidiados e regras flexíveis, o Banco Nacional de Desenvolvimento busca financiar recursos para a compra de painéis solares pelas indústrias. Os juros variam de 2,3 a 5,5% ao ano, dependendo do risco. No entanto, independente do valor, os juros estão abaixo da inflação, pois o banco acredita que novas tecnologias e energias mais sustentáveis devem fazer parte da economia brasileira.

3. Preservação do meio ambiente

Carvão vegetal e lenha aumentam muito o índice de poluição, devido à fumaça decorrente da queima. O bagaço de cana precisa de grandes áreas desmatadas para as plantações. As hidrelétricas inundam grandes porções de matas e florestas, muitas vezes prejudicando populações, a fauna e a flora. Dessa forma, as fontes de energia utilizadas pelas indústrias atualmente são bastante prejudiciais ao meio ambiente.

A energia solar fotovoltaica, em contrapartida, é limpa, abundante e não poluente. Por ser natural e infinita, é uma das melhores fontes de energia renovável no mundo. Além disso, não produz ruídos, como a eólica. No Brasil, país sempre iluminado pelo sol, a energia solar fotovoltaica é um sucesso garantido, mas ainda pouco explorado.

4. Instalação simples e intuitiva

Outra vantagem da instalação do sistema de energia solar fotovoltaico é a sua rápida instalação, que costuma levar apenas 3 dias, dependendo do dimensionamento do sistema. Para isso, é necessário ter bastante área livre, principalmente nos telhados, que recebem sol o dia todo.

Caso você não tenha muitos telhados em sua fábrica, mas muita área de estacionamento, que tal aproveitá-la também? As placas solares, além de receptoras da luz solar, são muito resistentes, inclusive ao vento e à chuva e podem ser uma ótima cobertura para os carros.

5. Pouca manutenção e grande durabilidade

Os painéis de energia solar fotovoltaica costumam durar bastante, cerca de 25 anos, sem manutenção. Às vezes, pode ser necessário reparar um fio ou outro, mas é muito raro isso acontecer. 

A limpeza dos painéis costuma ser feita pela chuva. Por isso, é essencial escolher bem a empresa que vai instalar a energia solar fotovoltaica em sua indústria ou fábrica e as marcas dos equipamentos. Para garantir a sua durabilidade e pouca manutenção, pesquise bem antes de contratar.

6. Maior vantagem competitiva

O mercado preocupa-se bastante com o meio ambiente e com as corporações que ajudam a preservá-lo. Por isso, adotar medidas sustentáveis como a energia fotovoltaica para indústrias e fábricas traz vantagens financeiras e também possibilita uma ótima divulgação da sua imagem para fornecedores, consumidores e, até mesmo, concorrentes.

Essa imagem sustentável mostra para toda a sociedade que a sua instituição não só se preocupa com os impactos ambientais como também se esforça para diminuí-los. Isso destaca o seu negócio frente aos demais, aumentando as vendas e sendo procurado por futuros clientes preocupados, assim como você, com o meio ambiente.

7. Prática da sustentabilidade

Cada vez mais as corporações se preocupam em instaurar a cultura da sustentabilidade entre seus colaboradores e como parte da própria empresa. De todos os portes, as organizações não só divulgam a importância de se pensar o meio ambiente entre as pessoas, mas obtêm incentivos e benefícios com isso.

Entretanto, mais do que receber vantagens com essa ideia, a maior preocupação das indústrias e fábricas ao divulgar atitudes sustentáveis está em educar a população em geral e, é claro, seus colaboradores. Assim, se instaura uma maior consciência ambiental, um aumento da qualidade de vida e da preservação do meio ambiente nas gerações presentes e futuras.

Dicas para economizar energia nas indústrias e fábricas

Motores de alta eficiência energética são essenciais para reduzir o consumo de energia em sua corporação. No entanto, caso ainda não consiga trocá-los, fique atento à manutenção. Motores elétricos que funcionam perfeitamente consomem menos energia elétrica.

Outro ponto a ser considerado é a refrigeração. Muitas fábricas, como a de alimentos congelados e carnes, precisam de refrigeradores funcionando continuamente, o que aumenta muito o consumo de energia elétrica. Portanto, além de investir em energias alternativas, afaste os equipamentos de refrigeração dos que geram calor, como fornos e estufas.

A iluminação da indústria também deve ser levada em consideração. Sensores de presença em banheiros e corredores, por exemplo, são uma boa forma de economizar energia. Outra dica é utilizar lâmpadas de LED. Por não perderem calor para o ambiente, são mais eficientes e conseguem economizar em até 90% de energia elétrica.

Dessa forma, mais do que ter uma cultura sustentável, a energia solar fotovoltaica para indústrias auxilia na economia de energia, preserva o meio ambiente e o melhor, diminui o consumo geral das hidrelétricas. Isso mesmo! Assim, as residências e comércios menores podem usar a energia gerada pela cooperativa de energia elétrica de sua região, sem sobrecarregar o sistema e evitando apagões.

Compartilhe esse artigo: https://dausel.co/qzEOEh

Postar um comentário

0 Comentários